21 de abril de 2012

Cala-me



Não me digas uma palavra sequer. Quero ouvir o som do teu corpo, todo.
Todo, sem palavras.

Quero ouvir o teu desejo, os teus gemidos, a tua excitação.

Cala-me.

Não me deixes pronunciar uma palavra. Escuta o meu corpo, ouve os meus estremecimentos, sente os meus suspiros.

Deixa os nossos corpos falarem…

4 comentários:

Eros disse...

E que linguagem...

O Santo Diabinho disse...

Sweet Secrets

Intenso devaneio
Desejos à flor da pele
Quando o corpo pede alimento

Beijo-TE

O Santo Diabinho
http://desejosescaldantes.blogspot.pt/

SinneR disse...

hummmmm... e posso?

bj doce

Sweet Secrets disse...

* Eros, "deixa os corpos falarem" :) Beijinho

* Santo Diabinho, qunado o corpo pede alimento, silencia-se...beijinho grande

* SinneR, que pergunta! Nem preciso responder ;) Beijinho grande