25 de abril de 2012

Indecente



Deita-te sobre mim.

Indecentemente, quero-te apaixonado. Sentir o teu cheiro, o sabor da tua pele.

Quero fazer amor, entre o calor dos teus braços, o prazer dos teus beijos.

Ouves o som da Paixão? É o amor que fazemos e refazemos, de magia e sedução entrelaçadas entre as pernas e entregue o coração.

Quero-te todo, por inteiro, indecente.

3 comentários:

O Sussurrar do Corpo disse...

um sussurro...

Eros disse...

Premente... competente... eloquente...

SinneR disse...

tens de matar esses teus desejos ;)

bj doce