16 de maio de 2012

Dá-me a tua boca



Quero-a.
Exijo-a.

Quero a tua boca a percorrer o meu corpo, a lamber a minha pele, a sugar a minha essência.

Quero sentir os teus lábios, suaves e exigentes a percorrerem-me, entre rios e lagoas, montes e planícies.

Quero sentir a tua língua nos meus seios rijos e mamilos tugidos, rolando entre as tuas mãos [perfeito encaixe].



Dá-me a tua boca, suga-me a alma, lambe-me a língua.


O meu corpo, inteiro, exige-a:

Quer-te inteiro, sem manias nem disfarces.

Tão verdadeiro, começas e terminas no meu corpo.



[Dá-me a tua boca.]

4 comentários:

MisterCharmoso disse...

Boca Boca Boca
aodoro bocas
Mil beijos charmosos

O Sussurrar do Corpo disse...

um sussurro...

Eros disse...

Beijar é Amar com um suspiro!

Momentos disse...

a minha boca é tua...a tua, minha...sempre o doi e será ;) beijo